Prova, conhecimento e verdade: exigências e contribuições da história ao Direito

  • Ricardo Lourenço Filho Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região
Palavras-chave: História do direito, Direito Processual, Prova, Decisão Judicial

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre como o juiz lida com as provas processuais. Parte da premissa de que é necessário, no direito processual brasileiro, o desenvolvimento de uma teoria sobre a prova que envolva uma discussão sobre as condições de possibilidade de produção do conhecimento e a noção de verdade. O texto propõe uma abordagem interdisciplinar, utilizando pesquisas no campo da historiografia, de autores como Carlo Ginzburg e Pietro Costa, para, relacionando os papéis do juiz e do historiador, apresentar algumas exigências e contribuições fornecidas pela história ao direito e à atividade judicial.

Biografia do Autor

Ricardo Lourenço Filho, Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região

Doutor e Mestre em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília – UnB; Professor de
graduação e pós-graduação do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). Juiz do Trabalho do Tribunal
Regional do Trabalho da 10ª Região. Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Publicado
2019-11-30
Como Citar
Lourenço Filho, R. (2019). Prova, conhecimento e verdade: exigências e contribuições da história ao Direito. Revista Do Tribunal Regional Do Trabalho Da 10ª Região, 23(2), 121-131. Recuperado de https://revista.trt10.jus.br:443/index.php/revista10/article/view/307